segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Tagged under: , , , ,

TI Talks Unifacs




No dia 29/11 a partir das 19:30 acontecerá duas palestras promovidas pelo grupo Java Bahia em parceria com o SouJava.

O evento será gratuito e aberto ao público. Contamos com a participação de todos para falarmos sobre NoSQL e Arquiteturas Servless.

Abaixo um resumo do evento:

  • Data: 29/11 19:30
  • Local: Universidade Salvador (Unifacs), Campus Professor Barros
  • Endereço: Av. Luís Viana, 3146 - Imbuí, Salvador - BA, 41720-200.
  • Inscrições: https://www.sympla.com.br/ti-talks-unifacs__213011 (sem a inscrição não será possível ingressar as dependências da Unifacs)
  • Evento gratuito

Mergulhando no Serverless com Fn Project

Arquitetura serverless é um dos tópicos mais falados no mundo de software atualmente, comparado à containers, microservices e cloud. Plataformas serverless permitem aos desenvolvedores distribuir e gerenciar blocos de código que exerçam uma funcionalidade única, onde o usuário é cobrado por chamada e normalmente baseado no total de recursos consumidos. Este modelo muda radicalmente como as aplicações são organizadas, distribuídas e cobradas, e está quebrando paradigmas no mundo ainda em evolução da computação em nuvem.
Nesta palestra você aprenderá sobre a plataforma Fn, uma nova abordagem baseada em containers que fornece uma solução simples, portável e poliglota para o desenvolvimento de aplicações. Tudo para que você possa criar código cada vez mais especializado, e se preocupar cada vez menos com o ambiente em que ele vai rodar.

Mini bio:
Elder Moraes ajuda desenvolvedores server side a construir e entregar aplicações seguras, rápidas e disponíveis, para que assim possam trabalhar nos melhores projetos do mercado. Apaixonado por Java EE, cloud e arquitetura de sistemas, ele compartilha suas experiências através de conteúdo online e eventos internacionais como JavaOne, The Developers Conference, Oracle Code e Campus Party.
Desenvolvedor desde 1999, já atuou nos mais diversos mercados e projetos, desde logística até finanças, passando por sistemas jurídicos e de recursos humanos. 

Turbinando Java EE com persistência poliglota: Com o nascimento do Java EE 6, houve uma grande reviravolta no mundo Java EE. Um dos recursos mais marcantes com esse lançamento, certamente, foi o CDI. A injeção de dependência, além da extensão elevou as aplicações Java EE para um novo patamar e com lançamento do Java EE 7 e as promessas do CDI 2.0, com o Java EE 8, ficará ainda melhor! Porém, uma das grandes lacunas no mundo Java EE são as integrações com os bancos não relacionais. Tendo que, muitas vezes, realizar toda a programação e integração manualmente. Recém-lançado, o projeto JNoSQL, da Eclipse Foundation, visa a comunicação e integração da aplicação Java com os bancos NoSQL.

Mini-bio: Otávio Santana is a developer and enthusiast of open source. He is an evangelist and practitioner of agile philosophy and polyglot development in Brazil. Santana is a JUG leader of JavaBahia and SouJava, and a strong supporter of Java communities in Brazil, where he also leads the BrasilJUGs initiative to incorporate Brazilian JUGs into joint activities. He is a cocreator and is also responsible for the Linguagil Group, merger of Java, Ruby, Python, and Agile groups that promotes agility across language-focused communities.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Tagged under: , ,

UCSalTalks09: Carreira desenvolvedor de Software

  • O quê? UCSalTalks09: Carreira desenvolvedor de Software
    Sobre? Experiências e dicas de um desenvolvedor Java
  • Quando? 19/09/2017 das 10:45 as 12:30h
    Onde? UCSal - Campus de Pituaçu - Prédio C (prédio da pós) - Auditório
  • Quem? Antonio Lázaro Carvalho Borges:
    Bacharel em Informatica pela Ucsal, Pos-graduado em Engenharia de Software pela FRB, Jug Leader do JavaBahia. Desenvolvedor de software profissionalmente desde 2006, envolvido com a programação desde o início da graduação em 2003. Atuou em várias áreas de engenharia de software, de equipe de testes, programador, analista de requisitos, desenvolvedor, engenheiro de software, arquiteto, líder de equipe, P&D, consultor.
Inscrições pelo endereço: https://goo.gl/VLDV2q

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Tagged under: , ,

Ucsal Talks 08

UCSalTalks08:
BigData, Inovação e Java
Fabio Velloso
UCSal.Campus Pituaçu.Prédio B.Sala de Vídeo.
Inscrições em goo.gl/JoH7Vu

Sobre a palestra:
Vivemos em um mundo conectado e a cada segundo geramos uma imensidão de dados através de dispositivos móveis, redes sociais e comércio eletrônico. Dados estes que são essenciais não só para conhecer melhor nossos clientes e fazer ofertas mais adequadas como também gerar novos “insights” para inovação. Neste contexto surgem as aplicações e plataformas que convencionamos chamar de Big Data. Neste palestra serão apresentados os conceitos e tecnologias relacionadas, relação com Internet das Coisas (IoT), além de aplicações, casos de sucesso. Também serão apresentados frameworks e novidades do Java para desenvolvedores construirem suas aplicações

Sobre o palestrante:
Desenvolvedor inquieto desde a infância, Bacharel em Ciência da Computação e professor de Arquitetura Orientada a Serviços (SOA) na UFSCar. Arquiteto responsável por diversos projetos de Internet Banking, SOA, integração e segurança em instituições financeiras, de telecomunicações e de varejo. Fundador e diretor do SouJava e Consultor da Summa Technologies, atualmente desenvolve projetos de Integração, Big Data, Cloud Computing, Integração Continua e DevOps.


quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Tagged under: ,

Experiência com o medium...

Pessoal,

vamos fazer uma experiência de migrar as postagens do blog para o Medium para tentar alcançar o máximo de pessoas possíveis com os nossos posts.

Para acompanhar basta nos seguir lá também...https://medium.com/javabahia

Já temos nosso primeiro post lá feito por nosso amigo Mateus Malaquias...Confere o post falando sobre CDI 2.0

sexta-feira, 28 de julho de 2017

domingo, 23 de julho de 2017

Tagged under: ,

Review TDC SP - 2017

Tive a oportunidade de participar da edição 2017 do TDC (The Developer Conference) que aconteceu entre 18/07 e 22/07 em SP. Comentando com alguns amigos, percebi que algumas pessoas nunca tinham ouvido falar do evento e isso me motivou a fazer esse post. Além de, claro, escrever sobre o evento que achei espetacular!

O evento: Atualmente, acontece anualmente em três cidades do país. São Paulo, Florianópolis e Porto Alegre. Quem não foi para a edição 2017 em Florianópolis (03/05 a 06/05) ou São Paulo (18/07 a 22/07) ainda tem a oportunidade de participar do TDC Porto Alegre, que ainda não tem programação definida e será entre 08/11 a 11/11.

O TDC é realizado pela Global Code e foi fundado por Yara Senger e Vinicius Senger. Ele acontece desde 2008 em Florianópolis e São Paulo. De lá para cá, outras cidades também já receberam a conferência, como Rio de Janeiro (2009) Goiânia (2011 e 2012) e desde 2013 Porto Alegre faz parte do roteiro do TDC.

O evento teve 62 trilhas e 21 workshops. Em relação ao TDC Florianópolis 2017 houve um crescimento de mais de 60% no número de trilhas!

Investimento: Quanto mais cedo a decisão e inscrição de participar do TDC, mais barato o processo de inscrição. Nessa edição 2017, houveram três fases de inscrição. Existe um desconto progressivo (2 inscrições: 5%, 3 inscrições: 10%, 4 inscrições: 15% e 5 inscrições: 20%) na compra de mais de uma trilha (não aplicável ao TDC4Kids)

No caso de compras acima de R$ 200,00 é possível parcelar em até 6x pelo paypal.

  • Trilha: 
    • 1ª fase: R$ 140,00
    • 2ª fase: R$ 180,00
    • 3ª fase: R$ 240,00
  • Worshop (meio período):
    • 1ª fase: R$ 200,00
    • 2ª fase: R$ 250,00
    • 3ª fase: R$ 300,00
  • TDC4Kids (meio período):
    • 1ª fase: R$ 90,00
    • 2ª fase: R$ 120,00
    • 3ª fase: R$ 150,00
Grupos e empresas tem descontos, entrando em contato com os organizadores é possível obter mais informações.

Organização: Existem diversos patrocinadores no evento, estes expõem suas marcas em folders, banners, e stands. Nos stands é possível conhecer produtos das empresas, bem como as próprias empresas, que em alguns casos mostram as vagas que tem disponível, explicam como é o ambiente dentro da empresa. Fornecem brindes e alguns workshops paralelos. Aconteceram alguns eventos dentro do TDC:
O TDC tinha uma loja com venda de produtos próprios (óculos, camisetas, canecas, etc) além de possuir um espaço com Foodtrucks. Ao comprar ingresso você tinha direito a comer uma refeição (algumas opções de hamburguers) e escolher uma bebida. 

Segundo palavras da própria Yara, o TDC é um evento de comunidade feito pela comunidade para a comunidade. Por que falo isso? Algumas das trilhas dessa edição, surgiram de demandas dos próprios participantes que se organizaram, pediram aprovação, apresentaram projeto e conseguiram incluir uma trilha. Isso é muito bom.

Formato: O evento é dividido em trilhas por dia que rodam simultâneamente separadas por tecnologias/plataformas/áreas da computação. Cada trilha tem pelo menos 7 palestras de 30 a 60 minutos. Algumas trilhas tem um número maior de palestras, mas a carga horária é a mesma para todas trilhas.

A trilha Stadium é uma seleção de palestras de diversas trilhas do mesmo dia que tem como objetivo dar a oportunidade ao participante de assistir algum conteúdo de outra trilha que ele gostaria de participar mas não foi possível. Como tudo na vida, tem seu "custo", ao assistir a trilha Stadium, in loco, o participante deixará de ver alguma palestra de sua trilha. Uma informação importante, a trilha Stadium é transmitida gratuitamente (link para se inscrever para assistir) e é possível a partir de um pagamento de R$ 90,00 (que pode ser dividido em 3x), assistir algumas trilhas que foram selecionadas pela organização para serem gravadas:

Trilhas do TDC Online:



Participação das mulheres: O evento contou com 15% de mulheres palestrantes (107 mulheres) e teve uma trilha dedicada ao tema mulheres na computação.

Participação de pessoas com necessidades especiais: Foi incluída uma trilha para discutir acessibilidade e como fazer inclusão de pessoas com necessidades especiais através da computação.

Participação das crianças: Pensando na geração futura, rolou uma trilha para crianças (a partir de 7 anos).

Isso é um pequeno resumo de um evento grandioso e muito bom. Parabéns a todos envolvidos. Em especial ao nosso amigo Otávio Santana que se tornou TDC Rockstart!!

Parabéns a todos envolvidos que ajudam a desenvolver a computação/desenvolvimento de software em nosso país.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Tagged under:

I Community Day

No 13 de maio acontecerá o I Community Day na Faculdade Visconde de Cairu com a participação de diversos representantes das Comunidades Locais da área de Computação. O evento conta com palestras e minicursos.
As inscrições são realizadas através do site da Cairu.
As vagas nos minicursos são limitadas, garanta logo a sua inscrição!
Essa iniciativa conta com apoio de diversas comunidades de desenvolvimento de Salvador e a idéia é que ele aconteça uma vez por mês. O evento é aberto ao público externo e a participação concede certificado.
As palestras são gratuitas, o valor de R$ 20,00 será cobrado apenas para quem optar em fazer o minicurso (vagas limitadas a 25 pessoas por minicurso).
Programação do evento:
Evento: I Community Day
Data: 13/05/2017
Local: Auditório principal da Faculdade Visconde de Cairu (R. do Salete, 50 - Barris, Salvador - BA, 40070-200)
O que teremos: Palestras (manhã) / Mini-cursos (a tarde)
Programação:
  • Palestra: PHP - Episódio VII - O Despertar da Força Web
    • Horário: 08:30-09:20
    • Palestrante: Marcio Albuquerque/PHP Bahia
    • Mini-bio: Cientista da computação e analista de sistemas desde 2002. Trabalhando desde 2000 com PHP e Java. PHP e entusiasta ágil! LinguÁgil - linguagem de programação e evento ágil (http://linguagil.com.br) - fundador e organizador.
  • Palestra: Desvendando Testes
    • Horário: 09:20-10:10
    • Palestrante: Lorena Caldas/GTS-BA
    • Mini-bio: Profissional com mais de 7 anos de experiência em TI. Atua na análise, testes e programação de sistemas. Escreve para o site Qualidade de Software e contribui para Grupo de Testadores da Bahia (GTS-BA). É palestrante, possui artigos publicados e certificação na área de Qualidade de Software.
  • Palestra: Práticas Ágeis de desenvolvimento de software
    • Horário: 10:10-11:00
    • Palestrante: Luiz Claudio/GrouPyBA
    • Mini-bio: Formado em Processamento de Dados pela Faculdade Rui Barbosa, especialista em Redes de Computadores pela Unifacs. Trabalha com desenvolvimento e administração de sistemas desde 1996, tendo usado diversas linguagens e metodologias. Tem participado de diversos eventos como organizador, instrutor e palestrante. É membro dos grupos Python Bahia e LinguÁgil.
  • Palestra: Aplicações com KnockoutJS e ASP.NET MVC
    • Horário: 11:00-11:50
    • Palestrante: Achilles Froes
    • Mini-bio: Organizador do Bahia .NET Developers Group, MTAC, MCT e MCSD: Web Applications. Professor, palestrante e engenheiro de software. Meu objetivo é tornar o seu caminho rumo ao desenvolvimento profissional de software para web mais fácil e agradável
  • Mini-curso: Programando em python (Luiz Claudio/GrouPyBA)
    • Horário: 13:30 as 16:30
    • Instrutor: Luiz Claudio/GrouPyBA
    • Mini-bio: Formado em Processamento de Dados pela Faculdade Rui Barbosa, especialista em Redes de Computadores pela Unifacs. Trabalha com desenvolvimento e administração de sistemas desde 1996, tendo usado diversas linguagens e metodologias. Tem participado de diversos eventos como organizador, instrutor e palestrante. É membro dos grupos Python Bahia e LinguÁgil.
    • *Os mini-curso tem um custo de R$ 20,00 e é limitado a 25 participantes.
  • Mini-curso: Spring Boot introdutório (Ivan Queiroz/Java Bahia)
    • Horário: 13:30 as 16:30
    • Instrutor: Ivan Queiroz/Java Bahia
    • Mini-bio: Bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá / FIB Analista de Sistemas a nove anos. Atualmente na Indra Brasil na área de clientes de Telecom. Principal cliente atual é a Vivo, em sistemas ligados as áreas de atendimento ao cliente (CRM), vendas e jurídica. Experiência em Java, C++ e PHP; desenvolvendo sistemas desktop, web e middleware.
    • *Os mini-curso tem um custo de R$ 20,00 e é limitado a 25 participantes.
Localização da faculdade: