segunda-feira, 21 de abril de 2008

Tagged under: , ,

JavaBahia no FISL - 3o Dia

O maior FISL de todos os tempos, essa é a notícia de encerramento no sítio oficial do evento. 7.417 participantes de 21 países, 257 palestrantes. Sem dúvida, o ponto alto foi a palestra de Jon "maddog" Hall, diretor executivo da Linux Internacional, entintulada Fun and Software Livre! - Return of the Jedi! Com o auditório lotado, Maddog procurou retomar o espírito da diversão do SL, lembrando quando Linus Torvalds, ele e os demais parceiros resolveram construir um sistema operacional just for fun. Vejam no que deu a brincadeirinha deles! Foram apresentados exemplos de desenvolvedores com 12 a 15 anos de idade, empresários de 19, comprovando que nesse mundo não importa quem você é ou qual sua idade, mas a qualidade e quantidade das suas contribuições. É como ele mostrou numa charge de um cachorro usando o computador. Abaixo, o dizer: "Na internet, ninguém sabe que você é um cachorro". Na sessão de perguntas, alguém quis saber porque Linus nunca esteve no FISL. Jon respondeu que Torvalds se vê mais como um engenheiro e tem uma certa fobia de grandes multidões.

Java para dispositivos móvies e embarcados foram tema da palestra Mobile & Embedded, the first 15 month, por Roger Brinkley. Foi feito um histórico da evolução ocorrida após a criaçao da comunidade Mobile & Embedded liderada por Roger, que estava vestido com sua roupa de jogar Golf (veja fotos). No taco ele prendeu um Sun Spot e fez alguns movimentos, mostrando que o dispositivo poderia ser usado para calcular a velocidade da tacada. Dois projetos brasileiros foram apresentados, um deles criou uma API para exibir gráficos no celular , semelhante ao JFreeChart. O outro foi o Marge, framework para facilitar a criação de aplicações Blueetooth em Java. Bruno Ghisi e Lucas Torri falaram sobre o Marge na palestra seguinte, curiosamente usando o celular para avançar os slides da apresentação. Isso é possível por causa do mOOo, projeto que usa o Marge em um plugin do OpenOffice.org. Também mostraram um joguinho de Pong pelo celular, convidando dois voluntários da platéia para uma disputa. Muito legais a palestra e o projeto. Ah, veja na figura abaixo a razão da escolha do nome.



Consegui assistir algumas outras coisas legais, como suporte ao Ruby no NetBeans 6, desenvolvimento ágil com XP e Scrum, apresentado pelo time da Globo.com, e Engenharia e Software Livre: tudo a ver!. Não deu pra assistir, mas fiquei na vontade, as palestras sobre OpenJDK, OFBiz - ERP open source Java e, por curiosidade, uma sobre framework web para Smalltalk. No último dia tinha muito tema interessante, mas o FISL não é só feito de palestra. Circular pelo pavilhão e conversar com pessoas é tão importante quanto!

Se você ainda não teve a oportunidade participar, pode ir se programando desde já pros 10 anos de FISL em 2009. Dê uma navegada pela página principal do FISL, veja blogs, fotos e vídeos para obter informações de várias fontes e tirar suas próprias conclusões. A história recente vem nos mostrando que já passamos a barreira do convencimento. Agora, é como disse Maddog respondendo uma última pergunta: "Que o software livre vai vencer, não é uma questão de se, mas de quando".

2 comentários:

Alexandre M. Lima disse...

Falou o nosso "enviado especial" Serge Rehem, hehehehe.
Parabéns ao evento! Obrigado, Serge, pelas notícias do evento. Elas dão um gostinho de ir na próxima vez!

Bruno Ghisi disse...

Obrigado pela divulgação do projeto Marge e mOOo! Desculpe a correria na palestra, pois tivemos que acelerar em função do pouco tempo para todo o conteúdo.
Um Abraço!